Copa do mundo, assédio e a suposta belezafobia

Durante a última Copa do Mundo, encerrada neste fim de semana, algo inusitado aconteceu: a Fifa orientou que as redes transmissoras dos jogos tomassem cuidado com a maneira de mostrar as mulheres torcedoras, evitando denegrir a imagem das mesmas com focos que pudessem sugerir uma erotização das arquibancadas. A orientação surgiu em decorrência do alto número de denúncias de assédio durante o campeonato, marcado pelo episódio em que brasileiros passaram vergonha fazendo uma brincadeira machista com uma torcedora russa. O que foi apenas uma orientação no sentido de preservar mulheres deu o que falar e teve até um repórter reclamando de “belezafobia”, dizendo que estamos assistindo à oficializa

Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Instagram Social Icon